O REALISMO FANTÁSTICO DE QUINHA CARVALHO

Por Eduardo Waack

Apresentamos o trabalho de um fotógrafo que nos faz enxergar o mundo com outros olhos. Que nos assusta e impressiona, nos deixa pequeninos diante das forças implacáveis da natureza. Que tem na fotografia a sua paixão, e conosco compartilha sua visão planetária. Valcir Cirino de Carvalho, mais conhecido como Quinha, nascido e criado na cidade de Matão (SP) há 59 anos, é pai de três filhos. Contador por profissão, sempre interessou-se por documentários sobre natureza e vida animal. Curioso e determinado, era o fotógrafo da família. Sua primeira câmara foi uma Kodak Tira-Teima, que a seguir trocou por uma Yashica ME-1, não parando de evoluir.

Deixemos que ele mesmo se apresente. “Pra ser sincero não tenho alguém em especial que me influenciou, mas como referência, na fotografia de natureza gosto de Araquem Alcântara, e retratando pessoas e cotidiano, admiro Cartier-Bresson e Sebastião Salgado. Além da paixão, fotografar pra mim serve como uma válvula de escape, um alívio ao estresse do dia a dia. Motiva-me o amor à natureza e também levar as pessoas a apreciarem o mundo e a vida que existe ao nosso redor, que muitas vezes está em nosso quintal e não conseguimos enxergar. Estas fotografias são o resumo de tudo que faz sentido em minha existência e me motiva a registrar.”

Apreciemos, pois, estes registros inspirados de Quinha Carvalho!